«

»

May 30

Print this Post

Nova abordagem dá ao Corinthians a liderança em arrecadação no país

No ano do centenário, Timão bate a casa dos R$ 200 milhões, seguido de perto pelo Inter. Campeão brasileiro, Flu aparece em pelotão de baixo.

Sportv.com

Para escapar de grave crise financeira ou aumentar seu já vasto patrimônio, os clubes brasileiros dependem fundamentalmente de um item em especial: arrecadação anual. E o Corinthians, nesse quesito, deixou todos os rivais para trás de acordo com os balanços da última temporada divulgados. Encorpado no ano de seu centenário, com o reforço de Ronaldo Fenômeno, acumulou mais de R$ 212 milhões, entre venda de jogadores e produtos licenciados, cotas de patrocínio e TV, retorno de bilheteria, entre outros.

Comentário:

A matéria é muito interessante e dá uma geral sobre as condições financeiras dos clubes e como eles têm conseguido aumentar suas receitas.No topo da lista temos o Corinthians que vem explorando diversas ações de marketing. Ontem, utilizou seu uniforme número 3, na cor grená e com São Jorge estampado no peito, ainda não temos os números, mas com certeza a venda das camiseta vai alavancar ainda mais a arrecadação do clube.

Outros clubes tem ações muito interessantes, como o Inter, que tem um programa de sócio torcedor de dar inveja aos outors clubes, tem jogos que o clube já vende quase todos os ingressos para os sócios-torcedores e sobra pouco para os outros, o que faz com que suas receitas sejam mais constantes.

Outro ponto destacado na matéria, é o balanço financeiro. Apenas 4 clubes tiveram saldo positivo no ano passado, o que é tradicional no Brasil. Nós temos uma cultura muito perversa por aqui, muitos clubes se endividam e depois não pagam, isto porque os dirigentes tem a certeza da impunidade. Qualquer atitude tomada contra os clubes gera uma repercussão negativa, por isso é preferível deixar para lá e renegociar as dívidas. Desta forma, os clubes continuam se endividando e não estão nem aí para pagar. Na Itália, a Fiorentina teve sua falência decretada e teve que recomeçar da quarta divisão em 2002. Acho bem difícil que algo deste tipo aconteça no Brasil.

 

Notícia completa:

http://glo.bo/mxlvlH

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>